Publicidade

Publicidade

17/01/2013 - 14:58

Os salários, 10 anos depois

Compartilhe: Twitter

Interessante a comparação que está na última revista bimensal francesa Surface Football Magazine. Eles listaram os seis maiores salários do futebol mundial em 2012 e os seis maiores salários do futebol em 2002.

Em 2012 (fonte Le Parisien):
1) Samuel Eto’o – 20 milhões de euros/ano
2) Zlatan Ibrahimovic – 14,5 milhões de euros/ano
3) Wayne Rooney – 13,8 milhões de euros/ano
4) Yaya Touré – 13 milhões de euros/ano
5) Sergio Aguero – 12,5 milhões de euros/ano
6) Didier Drogba – 12 milhões de euros/ano

Em 2002 (fonte Le Monde):
1) Álvaro Recoba – 8,15 milhões de euros/ano
2) Roy Keane – 7,31 milhões de euros/ano
3) Raúl – 6,52 milhões de euros/ano
4) Rivaldo – 6,46 milhões de euros/ano
5) Batistuta – 6,25 milhões de euros/ano
6) Zidane – 5,77 milhões de euros/ano

O que mudou nestes 10 anos?

Primeiro e mais óbvio é que os seis salários dobraram.

Mas outras coisas me intrigam.

A lista de 2002, até por ter os “melhores do mundo” e campeões do mundo Rivaldo e Zidane, é bem mais pesada em termos de craques. Não é exagero dizer, com toda a importância e classe de Touré ou potencial de Aguero, que paga-se mais por jogadores menos espetaculares.

Outro fato interessante é que a atual lista tem 3 africanos, 2 europeus e um sul-americano sendo que a anterior, 3 europeus e 3 sul-americanos.

E observe também quem está pagando essa grana toda. Apenas o Manchester United aparece nas duas listas, com Roy Keane e Wayne Rooney. Na lista de 2002, Milan com Rivaldo, Real Madrid com Raúl e Zidane, Inter com Recoba mostravam a imponência, ao lado do Man United, das grandes camisas da história do futebol. Apenas a Roma de Batistuta poderia ser um peixe fora d’água. Não tão fora d’água assim também.

A atual lista tem um time chinês, um russo, o City (dois membros) e o PSG. Quatro novos ricos da bola. O peixe fora d’água é justamente o Manchester United.

E então, com toda a crise mundial, com tudo o que acontece no mundo off futebol, eu volto com a mesma pergunta:

O que mudou nestes 10 anos?

Autor: - Categoria(s): Futebol Internacional Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo