Publicidade

Publicidade

02/02/2010 - 15:02

Sexy é o Guardiola, diz o ‘Gandula’

Compartilhe: Twitter

O post abaixo, do gol do Iniesta, ganhou uma versão sob o atento olhar feminino de Carla Faria no blog Gandula. Sexy, para ela, não é o gol, mas sim o técnico. Leia aqui

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , ,
01/02/2010 - 10:09

Iniesta e o gol mais sexy de 2009

Compartilhe: Twitter

*Este post quase teve o título de ‘com bola e tudo’, mas este blogueiro ainda tem um pouco de classe.

Estou colocando o google reader em dia e achei uma pérola. O diário Marca comenta um certo ‘baby boom’ que está se passando em Barcelona nestas últimas semanas. Um hospital viu o número de nascidos subir de 9 a 10 para 15 novos bebês por dia. Um aumento de 50%.

As enfermeiras, sempre atentas, foram procurar o que havia acontecido 9 meses antes. A lua, melhor explicação de sempre, não era o motivo para espanto geral. O que havia acontecido 39 semanas antes foi isso…

O gol mais incrível de Iniesta, que classificou o Barcelona para a final da Champions League que venceria mais tarde. Perto desta semi, o Barcelona ainda ganhou por 6 x 2 do Real Madrid, o que poderia ser outra causa da animação geral na cidade.

Vai dizer que o futebol não explica tudo…

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , ,
20/12/2009 - 08:46

O Barcelona se importa

Compartilhe: Twitter

Talvez tenha sido pelas duas tentativas frustradas em 1992 e 2006.

Ou ainda pela glória de vencer 6 títulos num mesmo ano.

Talvez pelo horário também, muito mais propício a um ‘par de copas’ do que na época do Japão.

Seja lá qual for a motivação, fato é que pela primeira vez na história deste mundial (ainda) mequetrefe, um time europeu e sobretudo sua torcida parecem se importar de verdade com o título.

Feito máximo de sul-americanos, era um grande transtorno para europeus jogar este torneio. Mas basta ver os jornais espanhois de hoje, e as fotos da festa que tomou as ramblas da capital da Catalunha ontem para entender que talvez o Barça marque uma nova era dos europeus nesta competição.

A era de se importar.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , ,
30/11/2009 - 12:05

Daniel Alves, Ashley Cole e … Vítor

Compartilhe: Twitter

Eu não gosto do clichê de que ‘futebol se joga pelas pontas’. Pelo contrário, acho que o futebol mais bonito mesmo é pelo meio. Até pela dificuldade. Pelo meio, mais congestionado, mais difícil, o resultado é mais prazeroso. Momentos como quando Pelé e Coutinho, Romário e Bebeto ou Careca e Maradona entravam na área tabelando, na minha memória, são os mais lindos da história do futebol.

Mas nem todo mundo tem esse talento todo. E, por isso, para se ganhar um jogo contra times fechados, nada como os cantos. E como são poucos os atacantes que fazem boas jogadas pelas pontas, e menos ainda os volantes que chegam na frente, os laterais podem ser os grandes diferenciais dos times.

Nos três jogos que eu vi no domingo, três deles fizeram a diferença. Primeiro, Ashley Cole. Ex-Arsenal, era só tocar na bola que tomava a tradicional vaia no clássico. Mas o lateral do Chelsea, acostumado com a recepção, não ligou. Fez os dois cruzamentos para dois primeiros gols que colocaram o Chelsea ainda mais líder da Premier League. Cole cruzou as duas bolas entre o goleiro e a zaga, em curva, com precisão.

Daniel Alves já tinha feito um passe para o gol da vitória do Barcelona contra a Inter de Milão. Pedro (Pedroca, segundo um amiogo de Barcelona) ainda tentou perder o gol, mas não havia como. Dani não cruzou, passou, de cabeça levantada, por trás de Henry e toda a zaga. Um primor. Eis que no clássico contra o Real Madrid ele nem precisou ir ao fundo para dar outro passe no pé de Ibrahimovic. Dois passes de Dani Alves, duas vitórias fundamentais do Barcelona na temporada.

Para fechar o domingo e o caixão do São Paulo: Vítor. O lateral do Goiás teve um defeito apenas na partida, não ser canhoto para ser chamado por Dunga para a seleção. Participou de 3 dos quatro gols, sendo que fez um golaço, o mais importante da partida, pois naquele momento o São Paulo ainda estava melhor em campo e com vantagem.

Autor: - Categoria(s): Futebol Brasileiro, Futebol Internacional Tags: , , , , , , ,
08/07/2009 - 19:44

As coisas que o dinheiro de Florentino não compra

Compartilhe: Twitter

Não tem como falar menos do Real Madrid do que o mundo todo está falando. Afinal, eles contrataram, de uma vez, os dois últimos melhores jogadores do mundo. Contrataram mais gente também, como o ótimo Benzema, o competente Albiol. E ainda querem mais gente, com Maicon fazendo parte da mais megalomaníaca das listas.

Gastaram tanto dinheiro que fica até difícil lembrar que cerca de 400 km do Santiago Bernabeu tem um timaço de futebol, campeão da tríplice coroa (Copa, Liga e Champions), na última temporada. Um time que talvez tenha uma ou outra baixa, mas que também está preparando contratações.

Time que tem o atual (e não passado) melhor jogador do mundo, Messi. Mas tem mais do que isso. Tem Xavi e Iniesta, o melhor meio-campo do mundo. E, finalmente, pelo menos nos últimos anos, o Barcelona tem algo que o Real Madrid não pode comprar.

O sentimento.

O sentimento de Xavi e Iniesta. A liderança e o amor de Puyol pelas cores de seu clube (mais do que um clube, como diz o slogan). Algo que Raúl representa em Madrid mas que, certamente, não terá mais tanto espaço no clube.

Algo que Kaká e Cristiano Ronaldo até podem desenvolver, mas que leva um certo tempo. Vão precisar de muito futebol para superar essa lacuna.

Não sou daqueles românticos, que acredita no amor à camisa puro e simples e acima de tudo. Acho que isso é uma coisa ultrapassada quando se pensa que jogar futebol também é um trabalho e o profissionalismo, em 90% dos casos, é mais desejável do que o amadorismo (no sentido amor mesmo da palavra).

Mas tem coisas que motivam mais do que as outras. E, no caso do Barcelona, com Messi por lá desde que ‘nasceu’ praticamente, com Xavi, Iniesta jogando o que jogam e ainda sendo de casa, e, sobretudo, a garra de Puyol, a motivação deve ser um grande obstáculo para o dinheiro de Florentino Perez.

Os três melhores jogadores do time e mais o capitão (que não é assim, digamos, um gênio da bola) só vestiram uma camisa na vida. Formados, criados e mantidos desde as canteras do FC Barcelona.

Para não deixar o fã do Real Madrid totalmente desanimado, eu termino com um vídeo daquela que promete ser a maior rivalidade de ‘sentimento’ da temporada. Cristiano Ronaldo e Puyol se degladiando na última final da Champions League. Parace que Cristiano já chega com uma boa briga comprada com o capitão catalão. Eu chamaria de um bom começo…

Autor: - Categoria(s): Futebol Internacional Tags: , , , , , ,
27/05/2009 - 18:13

Barcelona, adversário do Cruzeiro…

Compartilhe: Twitter

Calma, calma…

Isso é o que se diz aqui na metade azul de Belo Horizonte, palco do jogo Cruzeiro x São Paulo logo mais. Ninguém acredita que possa dar outra coisa.

Amanhã, então, este blog promete:

– Cenas direto da festa na cidade de Barcelona que ninguém viu (a verdade nua e crua);

– Impressões do Estádio Olímpico de Roma que só quem esteve lá sabe contar;

– Tudo.. mas tudo mesmo sobre o duelo do ano, entre Cruzeiro x São Paulo, direto do Mineirão;

– e uma fantástica história de chilenos loucos por futebol em… Porto Alegre, torcendo pelo Coxa contra o Inter

– E otras cositas mas…

Autor: - Categoria(s): Futebol Internacional, Libertadores Tags: , , , , , , ,
14/05/2009 - 16:41

Podia ser melhor que a Libertadores, mas ainda é a ‘Copinha’ do Brasil

Compartilhe: Twitter

O Barcelona está a um empate de ser campeão espanhol. Está também na final da Champions League. Nem por isso o time deixou de, na última quarta, entrar em campo para disputar (e vencer o Athletic Bilbao) a final da Copa do Rei, a Copa do Brasil deles.

O Manchester United está a um empate de ser campeão inglês. Está também na final da Champions League. Nem por isso, deixou de ser campeão da Copa da Liga Inglesa 2009 (a Carling Cup) na final contra o Tottenham. Mais ainda, foi para a semifinal da FA Cup, a Copa do Brasil deles, e perdeu nos pênaltis para o Everton.

Nas Copas nacionais europeias, é assim. Todo mundo joga, independente se está na Champions League, Copa da Uefa ou onde quer que esteja. Já aqui, no Brasil, aquela que deveria ser uma competição espetacular, vira quase de segundo escalão.

A Copa do Brasil sem os times que estão na Libertadores perde muito e vira a ‘Copinha’ do Brasil. Chega a ser patético imaginar que o São Paulo, para ter o título inédito da Copa do Brasil que falta na sua galeria de troféus, precisa dar um jeito de NÃO se classificar para a Libertadores um ano desses.

Como comemorar uma conquista tão importante se você não enfrentou aqueles que, teoricamente, são os 5 melhores times do Brasil (no atual caso São Paulo, Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro e Sport).

Como explicar que o Sport, atual campeão, não pode defender seu título, pois está agora em ‘outro nível’, acima.

Com todos os times na disputa, num país como o Brasil em que existem muito mais equipes com tradição de títulos do que nos europeus, a Copa do Brasil, desde antes das oitavas-de-final, já seria um campeonato de nível muito maior do que a própria Libertadores, que na atual fase ainda reúne times como os fracos venezuelanos, por exemplo, em plenas quartas.

A CBF precisa dar um jeito de organizar o calendário e colocar todo mundo na Copa do Brasil, como era na época em que ela foi criada. Caso contrário, a Copa do Brasil seguirá sendo uma competição menor, um prêmio de consolação ou o ‘caminho mais curto para a Libertadores’.

Para aqueles que gostam da desculpa do calendário apertado, aqui vão alguns números interessantes.

Com o jogo de ontem, contra o Wigan, o Manchester United já completou 63 partidas na temporada 2008-2009. Vidic participou de 53 deles. Cristiano Ronaldo, de 51 e Tevez, de 49. Em oito meses. Ou seja, cada um deles jogou, em média, um jogo a cada 4 dias. Pelo clube apenas, diga-se, pois todos eles ainda defendem suas seleções nacionais.

Nunca vi nenhum deles reclamando. Pelo contrário, Cristiano Ronaldo deu um xilique no final de semana porque foi substituído e Tevez pediu para sair do time porque não é aproveitado como gostaria.

Autor: - Categoria(s): Libertadores Tags: , , , , , ,
08/05/2009 - 12:05

5,4,3,2,1… GOOOOOOOOL

Compartilhe: Twitter

O futebol em 2009 virou está virando uma espécie de NBA do Fabio Sormani. Não tem jogo ganho até que a sirene toque, o juiz apite, o ‘cronômetro zere’, ‘at the buzzer’. E não são gols quaisquer. São gols de classificação, cesta que vale passar pelo playoff.

A revista Maxim do mês passado reuniu gols no finalzinho famosos, como o de Ricardinho contra o Santos ou o de Adriano contra a Argentina. Mas são anos de futebol à disposição de quem fez a seleção. Incrível é que em 2009, mais propriamente nos últimos 10 dias, já tenha pelo menos três gols dignos de entrar para a história envolvendo as três competições interclubes mais importantes do mundo. Dois deles classificaram, inclusive, para a final. Veja o top 3:

Primeiro foi o Claiton Xavier, aos quase 42 minutos do segundo tempo com um jogador a menos, tirando o Colo Colo e classificando o Palmeiras para as oitavas da Libertadores.

Depois veio o Iniesta, aos 48 do segundo tempo, com o gol que colocou o Barcelona na final da Champions League (só isso). Também com um a menos

Na quinta-feira foi a vez de Ilsinho, do Shakthar, fazer aos 44 do segundo tempo o gol da classificação de seu time para a final da Copa da Uefa contra o Werder Bremen. O time empatava de 1 x 1 e o resultado classificava o Dínamo Kiev.

Este ano, por via das dúvidas, melhor não sair mais cedo do estádio. Espera até o fim.

Autor: - Categoria(s): Futebol Internacional, Videos Futebol Tags: , , , , , ,
06/05/2009 - 21:14

Iniesta 2009, como Bakero 1991

Compartilhe: Twitter

O resumo do jogo do Barcelona é o áudio da narração da rádio catalã Mundo Deportivo. Play no player!

 

O resto, quem viu, viu. O Barcelona não mereceu a classificação neste jogo. Mereceu pelo resto do ano, pelo conjunto da obra. Mas na partida o Chelsea perdeu por não matar o jogo com todas as chances que teve.

`Visca Barça`, que viu neste lance de Iniesta uma repetição de outro gol histórico, o de Bakero, contra o Kaiserlautern, na Alemanha, quando no jogo de ida o Barcelona havia ganhado por 2 x 0 e, na volta, perdendo por 3 x 0, Bakero acertou a cabeçada aos 45 cravado do segundo tempo. Veja

E que venha 27 de maio. Manchester United (favorito) x Barcelona.

Autor: - Categoria(s): Futebol Internacional Tags: , ,
15/04/2009 - 18:30

Semifinais definidas

Compartilhe: Twitter

Manchester United x Arsenal

Barcelona x Chelsea

Vai ser de arrepiar. O lógico é dar Manchester United x Barcelona na final em Roma. Com Cristiano Ronaldo, que renasceu justamente contra o Porto, rival dos tempos de Sporting, contra o grande jogador do torneio até aqui, que é Lionel Messi.

Mas futebol não tem lógica. Chelsea e Arsenal foram muito bem nas quartas. Convincentes e consistentes.

Pode dar qualquer coisa.

Autor: - Categoria(s): Futebol Internacional Tags: , , ,
Voltar ao topo