Publicidade

Publicidade
24/11/2008 - 02:46

Duas versões de um São Paulo tri(hexa)campeão

Compartilhe: Twitter

 

Durante o jogo Vasco 1 x 2 São Paulo, além da já habitual troca ferrenha de sms, recebi duas ligações são-paulinas totalmente diferentes, mas que mostra como é louco este tal do futebol.

Ligação 1
Nome (fictício): Peçanha
Profissão (fictícia): Violoncelista
Cidade (Fictícia): Porto das Flores
Idade (real): 56
Tempo: 32 do segundo tempo
Placar: Vasco 1 x 2 São Paulo

– Mauricio, eu estou impressionado com o São Paulo. Estão pedindo para perder.
– Impressionante
– Viu o gol que o Edmundo perdeu agora?
– Nem fale
– O Dagoberto dando drible da vaca! Eu tirava na hora.
– Pois é
– Esse estrelinha do Hernanes. Só sabe passar o pé em cima da bola. Está estragado já. Espero que esteja vendido.
– Incrível
– O Hugo está péssimo. Não é possível que o Muricy não tira o Hugo.
– Que coisa. E o Borges?
– Esses babacas estão boicotando o Borges. Ele fez os três gols naquele jogo e ainda roubou o gol do Zé Luis. O Hernanes, o Dagoberto, o Jorge Vagner e o Hugo não querem que ele vire o herói do título.
– Deve ser isso. Bom, vamos ver até o fim. Um abraço
– Desculpe o desabafo. Mas o time está pedindo para perder. E merece. Vou torcer para não virar.

Ligação 2
Nome (fictício): Ricardo
Profissão (fictítia): Óptico
Cidade (real): São Paulo
Idade (real): 22
Tempo: 38 do segundo tempo
Placar Vasco 1 x 2 São Paulo

– Mauricio, que time é esse?
– Impressionante
– Parece juvenil contra profissional, não?
– Nem fale
– Viu o gol que o Edmundo perdeu? Como é patético este Edmundo
– Pois é
– O Hernanes é um monstro. O Dunga é muito burro de não colocar ele de titular
– Incrível
– Quando o Hugo está em campo, tudo muda de figura. E pensar que a gente quase mandou ele embora.
– Que coisa. E o Borges?
– Não está muito bem hoje. Mas ao mesmo tempo, o Dagoberto está incrível. Correndo demais. Faltou o gol só. Espírito de equipe. Um jogou para o outro, né?
– Deve ser isso. Bom, vamos ver até o fim. Um abraço.
– Desculpe de incomodar aí na hora do jogo. Mas é que este São Paulo joga demais. O hexa chegou.

ps: aprendi a responder assim para os torcedores em transe e apaixonados no calor da batalha com o Tostão na Copa de 2006. Qq dia reproduzo este post de 2006 aqui.

 

Autor: - Categoria(s): Brasileirão Tags:

Ver todas as notas

6 comentários para “Duas versões de um São Paulo tri(hexa)campeão”

  1. Raul disse:

    Eu confesso que quando estava 11 pontos atrás, entreguei os pontos. Não achava que dava m ais. Mas eu tendo a concordar com o pessimista. O time é fraco e os jogadores são estrelas. Se não tem o Muricy ali rpa segurar…

  2. Carlitos disse:

    Não tem mais jeito. Vai ter parada gay antecipada domingo na avenida paulista

  3. Ricardo disse:

    hahaha muito boa a historinha

  4. Peçanha disse:

    Maurício, esta reprodução da nossa conversa foi sacanagem, mas a verdade é que o meu time vai ser HEXA (TRI)caindo de produção. Também não é fácil, manter a pegada igual em 16 jogos, reconheço.
    Ontem, realmente, demos sorte o Vasco perdeu um monte de gols e o Rogério salvou outro monte. Um abraço.

  5. rogerio passóka disse:

    Estes times são muito fraco ,O palmeiras vai ser campeão este ano 2009 Obrigado pela atençáo vc escreve muito bem

    • Paulo disse:

      Esse ano o São Paulo será HEPTA (TETRA) Campeão. Niguém consegue parar essa máquina.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo