Publicidade

Publicidade

Arquivo de julho, 2008

28/07/2008 - 15:02

Brasileirão 15 rodadas depois

Compartilhe: Twitter

O Flamengo ainda não queimou toda a gordura possível, mas tem grandes chances de queimá-la na próxima quarta. Perdendo do Palmeiras em São Paulo, que não é desonra para ninguém, ainda não deixa o G-4, mas fica na beirada.

Pior do que isso, é o desmanche. Souza e Marcinho já foram. Obina é café com leite e Tardelli é um bom reserva. Falta elenco ao time da mesma forma que falta ao Grêmio para ficar num exemplo lá da liderança.

O Tricolor precisa olhar para o vizinho colorado. Daniel Carvalho e D’Alessandro para quem já tem Alex parece até exagero. Mas para o Grêmio, que ainda está na frente no campeonato, um deles já seria de bom tamanho (só não vale o Gustavo Nery).

O problema do Colorado é que, mesmo com o timaço que começa a se formar, segue sendo o Robin Hood da temporada. Ganha dos ricos e perde dos pobres.

Mais gente, aliás, precisa seguir o exemplo de administração colorada. Não é possível que o São Paulo, por exemplo, com a força que tem, não possa repatriar gente de peso em vez de ficar esperarando por alguma nova contusão ou má fase milagrosa para ter um Ricardo Oliveira ou um Adriano.

O São Paulo ganhou 4 dos últimos 5 jogos dele na tabela e ainda assim não está entre os quatro primeiros do Brasileirão. Sinal de que este campeonato é realmente muito equilibrado.

Mais uma vez cabe ao Coxa encarar o líder em casa. A queda do Flamengo começou ali. É a vez do Grêmio. Lembrando que dos dianteiros, o Palmeiras perdeu no Couto Pereira e o Cruzeiro empatou.

Equilibrado em cima e equilibrado embaixo. A Portuguesa chegou e o Vasco flertou com o rebaixamento. Os atléticos respiraram e até o Ipatinga mostrou que não é o América-RN.

Aliás o Ipatinga segura a lanterna com 13 pontos em 15 jogos. O América-RN fez ano passado 17 pontos em 38 jogos.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
25/07/2008 - 16:49

Bayern (quase) em forma

Compartilhe: Twitter

Muito boa essa foto feita no Bayern de Munique.

Ribery ainda se recupera da contusão que teve na Euro e destoa de todos os outros, devidamente ‘fardados dos pé à cabeça’.

O Bayern, aliás, volta a ser um time favorito a ser pelo menos semifinalista da Champions League depois de ficar um ano fora. Assim como o Milan na próxima temporada, o time ficou amargando a Copa da Uefa na última.

E, assim como o Milan também, o Bayern ao invés de formar um elenco mais modesto com o rombo financeiro que significa ficar fora de uma Euro, contratou Ribery, Toni, Klose e Zé Roberto e ainda manteve boa parte de seu time, sobretudo no setor defensivo, para voltar a ter hegemonia total do futebol alemão. Deu certo apesar da derrota na Copa da Uefa e agora vai dar trabalho.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
18/07/2008 - 18:37

Ronaldinho, Chelsea e a batalha das Ligas

Compartilhe: Twitter

NA DÉCADA DE 80, a gente ligava na Band para ver Silvio Luis, Lancelotti e Giovani Bruno e os incríveis jogadores do Campeonato Italiano.

DEPOIS VEIO A ESPANHA, com seus Barcelonas de Romário, Figo, Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho e o início dos Galácticos com toda aquela história que conhecemos.

NOS ÚLTIMOS DOIS ANOS, a melhor liga é a Inglaterra, com seus Cristianos Ronaldos e Gerrards e etcs. A melhor Liga de todas.

AGORA A ITÁLIA CONTRA-ATACA levando Ronaldinho para um time já estrelado, ainda que ferrado e bem pago por estar fora da Champions League.

NOTE QUE NÃO estou comparando ligas. Quase sempre a Premier-League será mais disputada por ter mais times de ponta. Quase sempre o Espanhol vai ser uma espécie de Real Madrid x Barcelona.

MAS O INTERESSE mediático é outra coisa. Onde está Ronaldinho, Kaká e Cristiano Ronaldo, está 70% do interesse mundial em futebol. Dois, atualmente, estão no mesmo time, o que obviamente pende a gangorra para a Itália.

ISSO SE O CHELSEA não levar o Kaká, claro. Neste caso, não há Ronaldinho que faça a Serie A brilhar mais do que a Premier League com Kaká x Cristiano.

ROLETRANDO – Engraçado mesmo seria se Ronaldinho, maior estrela da Liga Espanhola dos últimos anos, mudasse para a Serie A. Kaká, maior estrela da Serie A dos últimos anos, mudasse para a Premier e Cristiano Ronaldo, maior estrela da Premier, mudasse para a Espanha. Uma espécie de ADO ADO ADO CADA UM NO SEU QUADRADO.

E OLHA QUE NÃO É IMPOSSÍVEL…

DURO MESMO É O MILAN ESTAR FORA DA CHAMPIONS LEAGUE. Para isso, não existe remédio.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
16/07/2008 - 15:13

Ronaldinho Milanês

Compartilhe: Twitter

EU NÃO SEI vocês, mas sempre que eu junto as palavras Ronaldinho e Milan, eu penso naquele golaço.

ERAM OUTROS TEMPOS. Jogos de grupo da Champions League no ano em que o Barcelona não foi campeão (2004/2005). Ronaldinho era o melhor do mundo e ainda estava bem longe da Copa do Mundo de 2006, onde começou sua fase ruim que perdura até agora.

RONALDINHO É RONALDINHO. O cara joga muito, tem 28 anos, e convenhamos que ainda dá para jogar muito até a Copa de 2014. Ou seu dinheiro de volta.

KAKÁ É KAKÁ – Será que ele fica? Se ficar, ganha a seleção brasileira também. Se o técnico fizer os dois jogarem bem juntos, mais o Pato ainda, fechou. Seja Dunga seja quem for antes/durante/depois das Olimpíadas, o time tem tudo para sair ganhando.

MALANDRO É MALANDRO – E o Ronaldo?

MANÉ É MANÉ – E como é que o Milan não libera o Kaká e agora vai liberar o Ronaldinho? Quero só ver.

NOSSA SENHORA DE ASSIS – E na Folha de São Paulo desta terça-feira aspas ‘excelentes’ do irmão do Ronaldinho, o Assis. O repórter pergunta, após o acordo fechado, como ficou a liberação do craque para as Olimpíadas. Assis: ‘Não falamos sobre isso ainda, agora só queremos comemorar”.

TRADUZINDO – Fosse realmente um assunto de interesse prioritário para ele, não teria ficado para depois.

E O PIOR é que deu certo. O Milan disse que vai liberar o cara.

KAKÁ? ESSE NÃO!

E AGORA? Kaká é mais importante que Ronaldinho no Milan e por isso não vai ou está menos prestigiado pelo tanto que falou desde junho e vai ficar de castigo na Itália?

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
07/07/2008 - 20:35

Seleção Olímpica – o time é bom

Compartilhe: Twitter

Dunga chamou os 18 que vão buscar o ouro para o Brasil nas Olimpíadas de Pequim. Que conste: o time é bom.

Bom como foram os times de algumas Olimpíadas passadas em que não trouxemos o ouro. Claro que se pode contestar ali um ou outro. Eu até usaria a outra vaga de mais de 23 anos e, com meias tão habilidosos, talvez deixasse Jô ou outro de fora para levar mais um lateral-esquerdo ou meia. Mas, enfim, dá para levar fé neste time.

Dunga agora tem o desafio de fazer um time de craques (Ronaldinho, Robinho, Diego, Anderson, Pato), jogar com o espírito Copa América que jogou seu time mais ou menos (Julio Baptista, Elano, Josué, etc.).

De cara eu prefiro este time atual com jogadores que, ainda que percam, me parecem com mais brilho e jeito de seleção. Só de ver que nossos volantes são Lucas, Hernanes e Anderson já dá vontade de ver os jogos.

Veja a lista.

Goleiros
Diego Alves – Almería
Renan – Internacional

Laterais
Ilsinho – Shakhtar Donetsk
Rafinha – Schalke 04
Marcelo – Real Madrid

Zagueiros
Alex Silva – São Paulo
Breno – Bayern de Munique
Thiago Silva – Fluminense

Meio-campistas
Anderson – Manchester United
Hernanes – São Paulo
Lucas – Liverpool
Ronaldinho – Barcelona
Thiago Neves – Fluminense
Diego – Werder Bremen

Atacantes
Alexandre Pato – Milan
Jô – Manchester City
Rafael Sobis – Real Bétis
Robinho – Real Madrid

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
Voltar ao topo