Publicidade

Publicidade
25/06/2008 - 12:41

Das Laranjeiras ao Portão de Bradenburgo

Compartilhe: Twitter

ALEMANHA FAVORITA – Não me levem a mal. O jogo só será daqui a pouco. Mas não vejo como a highlander Turquia, mesmo com todos os feitos que conseguiram até agora, vencer a Alemanha. Ainda mais tão desfalcada.

E DIGO MAIS – Apesar de estar tão encantado quanto vocês com o futebol russo e do ego da Espanha agora não caber mais no capacete do Fernando Alonso, se me dessem 50 reais para apostar em alguém, apostaria na Alemanha. Cara, jeito, grupo e pegada de campeão. Já bateu na trave na Copa.

SÓ FALTA O NELSON RODRIGUES… – O time Flu é bom. O técnico tem marra e sabe armar time. Os jogadores são guerreiros e não desistem. O time é favorito, claro. Bem mais do que a Alemanha é favorita na Euro. O que falta ao Flu nesta final era só um Nelson Rodrigues. Vários aí tentam se apresentar como substitutos. Mas legal mesmo seria ler a crônica diária dele nas últimas oito semanas, desde a vitória contra São Paulo e Boca. Seria realmente interessante.

…E A GLOBO – Não tenho nada contra a Globo decidir passar o jogo do Corinthians para São Paulo sempre. Afinal, é negócio e não caridade. Quem dá mais audiência, leva. Nem eu, nem você nem a Globo gostamos de rasgar dinheiro. Mas acho um exagero mudar a data do jogo do Corinthians para não ter que passar o Fluminense na quarta-feira à noite. Eu sempre digo que sou feliz por ter TV a Cabo.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

2 comentários para “Das Laranjeiras ao Portão de Bradenburgo”

  1. Alexandre Fernandes disse:

    Nelson Rodrigues foi o maior. Não há outros que se comparem.

    Mas confesso que se ele ainda fosse vivo. Minha úlcera ‘daria pulinhos’ com suas crônicas nesta Libertadores.

    Sim, sou Flamengo!

  2. ** de Galinha disse:

    A Globo é a 5ª pior rede de tv do mundo. Só ganha da Record, da Band, do SBT e da Rede TV.
    Mas que ela é péssima isso é.
    Eu não tenho TV a cabo, mas o boteco alí da esquina tem. Jájá eu vou pra lá. um abraço.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo