Publicidade

Publicidade
23/02/2008 - 12:55

Um lance como há tempos não se via

Compartilhe: Twitter

Eduardo da Silva teve sua perna fraturada numa entrada criminosa de Martin Taylor logo no começo da partida em que o Arsenal empatou por 2 x 2 com o Birmingham.

Estamos acostumados a ver jogadores saírem de campo por lesões de joelho e tornozelo. A imensa maioria delas, como a de Ronaldo, acontecem sozinhas, sem faltas, sem entradas violentas.

Entradas criminosas como a que aconteceu este sábado estão cada vez mais raras. Ainda bem! Uma prova de que o futebol, apesar de mais brigado e corrido, está menos violento.

Quando acontecem lances como o deste Taylor, me lembra a década de 80, as entradas criminosas, as cotoveladas. Cenas horríveis de ver (não vou dar o link aqui de vídeo nem a foto, as imagens são muito fortes).

Eduardo da Silva desmaiou de tanta dor. A temporada com certeza está acabada para ele. A Euro com a sua Croácia tammbém já era. Tomara que o prejuízo seja apenas este, pois a leitura dos primeiros textos direto da Inglaterra falam até em ‘carreira ameaçada’.

Muita força para Eduardo. Um jogador que estava cada vez mais gostando de ver em campo.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

8 comentários para “Um lance como há tempos não se via”

  1. Nilo disse:

    Coisa de cafageste, criminoso. este cara deveria ser banido do futebol. Como lebrou o Maurício, coisas da época que futebol era coisa de bandidos…

  2. EVILASIO SETTI disse:

    PUNICÃO????

    FICAR AFASTADO DOS CAMPOS ATÉ QUE O EDUARDO SE RECUPERE E VOLTE A JOGAR.

    ACONTECE QUE O ASSASSINO FICARÁ, NO MÁXIMO TRES
    JOGOS, SUSPENSO E VOLTARÁ A COMETER AGRECÕES.

  3. Halley disse:

    segue o link… http://www.youtube.com/watch?v=RpHufZEaFe0. Meu, criminoso no mínimo, entrada foi muito feia a cena é super forte. Que Deus abençoe este jovem jogador em sua cirurgia, recuperação e volta aos gramados para voltar a dar alegrias aos amantes do Mundo da Bola, e quanto ao Taylor tinha que no mínimo, repito no mínimo ficar afastado do futebol até a volta do Eduardo aos campos.

  4. Fidelis disse:

    O atleta??? taylor deveria ser banido do futebol.

  5. Claudia disse:

    Simplismente criminoso, espero que tomer medidas bem rigidas com esse mau carater Taylor., O Futebol tem que deixar de girar em torno somente de dinheiro. Exitem pessoas que exercem a profissão naum so por amor como tb por necessidade. QUE O MAIOR ORGÃO DE FUTEBOL DO MUNDO POSSA TOMAR SUAS PROVIDENCIAS., SERÁ UE LE EXISTE PARA ESSE CASO OU O DINHEIRO VAI FALAR MAIS ALTO

  6. Gremio_imortal disse:

    Pra quem quiser ver o lance na camera proibida, atras do gol, clique aqui. Jas aviso que a imagem é forte http://br.oleole.com/blogs/raa-futebol-clube/posts/o-lance-exato-da-fratura-de-eduardo-da-silva

  7. Hands down, Apple’s app store wins by a mile. It’s a huge selection of all sorts of apps vs a rather sad selection of a handful for Zune. Microsoft has plans, especially in the realm of games, but I’m not sure I’d want to bet on the future if this aspect is important to you. The iPod is a much better choice in that case.

  8. Ronald Hiney disse:

    An interesting discussion is worth comment. I think that you need to publish more on this subject matter, it may not be a taboo subject but typically people do not speak about such issues. To the next! Kind regards!!

  9. Hey, thanks for the post.Really looking forward to read more. Really Great.

  10. Wow, great post. Fantastic.

  11. А я сейчас обязательно подпишусь на такой блог http://www.gosnews.ru/business_and_authority/news/672

  12. Что то слишком мудрено… И по-моему расчитано на блогера чем на вебмастера http://ejnews.ru/first-persons/Paviel-Livinskii

  13. Да, такой блог однозначно надо раскручивать сильнее — что б как можно больше людей о нем узнали http://www.moesk.ru/press/smi/detail.php?ID=869

  14. Thanks for the blog post.Really looking forward to read more. Fantastic.

  15. I really enjoy the blog.Much thanks again. Keep writing.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo