Publicidade

Publicidade
25/09/2007 - 18:09

Lucas tímido, Torres matador de classe e Gerrard preciso

Compartilhe: Twitter

Esta terça marcou o primeiro jogo como titular de Lucas no Liverpool. Mesmo o time sendo poupado, não é pouca coisa.

Apesar de não comprometer, Lucas não fez a diferença também. Tocou só de lado, limitou-se a marcar e nem de longe lembrou o Lucas do Grêmio. Tudo tem seu tempo. A tiidez tem de a dimiuir. O importante é ele continuar a ter chances e aos poucos mostrar que tem bola para chegar na frente.

Já Fernando Torres, que chegou para ser titular absoluto, não perdeu a chance. Marcou três belos gols na vitória por 4 x 2 fora de casa contra o Readin que classificou o time para a próxima fase da Carling Cup.

Destaque para os titulares que ficaram no banco. Com o jogo 2 x 2, indo para a prorrogação, Rafa Benitez colocou Riise no lugar de Fabio Aurelio. O norueguês no segundo ou terceiro toque na bola, foi ao fundo, meteu a bola no meio das pernas do zagueiro e cruzou na medida para Torres fazer 3 x 2 no ângulo.

Minutos depois, o técnico tirou Crouch e colocou Gerrard. Ele jogou menos de 10 minutos, mas foi muito bem como sempre. Colocou vários na cara do gol e, entre eles, Fernando Torres, que driblou o goleiro e fez o quarto gol.

Lucas, que saiu aos 44, tem bola para no futuro ser uma espécie de Gerrard. Aquele jogador que marca, tem o passe preciso, chuta bem e é líder do time. Tem potencial. Tem apenas que se soltar um pouco mais.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

3 comentários para “Lucas tímido, Torres matador de classe e Gerrard preciso”

  1. Motahead disse:

    MUDA PRA EUROPA, SEU %!@$&@#

  2. gustavo steingraber disse:

    A tiidez “tem de” a dimiuir.

    Por favor, passe um corretivo na tela… “tem de” é doído…

  3. Professor Pasquale disse:

    “A timidez tem de a diminuir”?
    Pelo amor de Deus, ein?
    A timidez tende a diminuir!!!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo