Publicidade

Publicidade

Arquivo de agosto, 2006

31/08/2006 - 11:26

Compartilhe: Twitter

No Guardian – our spy in the know

Desde do começo da manhã estou acompanhando o sensacional tempo real do Guardian com as negociações do último dia do mercado. Até mandei um email para James Dart, jornalista responsável, falando do Zé Roberto. E não é que ele publicou… no Guardian!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
31/08/2006 - 11:26

Compartilhe: Twitter

No Guardian – our spy in the know

Desde do começo da manhã estou acompanhando o sensacional tempo real do Guardian com as negociações do último dia do mercado. Até mandei um email para James Dart, jornalista responsável, falando do Zé Roberto. E não é que ele publicou… no Guardian!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
31/08/2006 - 08:36

Compartilhe: Twitter

Tevez na Academia de Futebol

Depois de tocar com a banda Los Palmeras, Tevez fechou com a “Academia de Futebol”. Não é loucura não, mas é irônico. Academy of Football é um dos apelidos pelo qual o West Ham é conhecido (“The Hammers” e “The Irons” são os outros). Com ele, Mascherano.

Certo também

– Reyes vai para o Real Madrid
– Julio Batista para o Arsenal
– Ricardo Oliveira é do Milan.

Daqui a pouco, tem mais.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
31/08/2006 - 08:36

Compartilhe: Twitter

Tevez na Academia de Futebol

Depois de tocar com a banda Los Palmeras, Tevez fechou com a “Academia de Futebol”. Não é loucura não, mas é irônico. Academy of Football é um dos apelidos pelo qual o West Ham é conhecido (“The Hammers” e “The Irons” são os outros). Com ele, Mascherano.

Certo também

– Reyes vai para o Real Madrid
– Julio Batista para o Arsenal
– Ricardo Oliveira é do Milan.

Daqui a pouco, tem mais.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
30/08/2006 - 15:35

Compartilhe: Twitter

Falta pouco…

São menos de 24 horas para finalmente fechar o tal mercado europeu de transações. Até lá, os times do mundo todo, inclusive os brasileiros, ficam na expectativa. Amanhã, todas as grandes dúvidas da humanidade serão resolvidas, tais quais:

– Ronaldo fica do Real?
– Quem quer ficar com Tevez?
– Adriano vai deixar Milão?
– Drogba vai aceitar a reserva no Chelsea?
– E o Zé Roberto, o melhor brasileiro da Copa, vai jogar onde?
– Vão tirar mais alguém do seu time aqui no Brasileirão?
– Ricardo Oliveira fecha com o Milan?
– Trezeguet, Buffon e cia. vão jogar a segundona na Itália?
– Kaká fica?
– Ronaldinho fica?

Apenas estas duas últimas seriam efetivamente bombas. Tchan tchan… aguarde o último capítulo, amanhã!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
30/08/2006 - 15:35

Compartilhe: Twitter

Falta pouco…

São menos de 24 horas para finalmente fechar o tal mercado europeu de transações. Até lá, os times do mundo todo, inclusive os brasileiros, ficam na expectativa. Amanhã, todas as grandes dúvidas da humanidade serão resolvidas, tais quais:

– Ronaldo fica do Real?
– Quem quer ficar com Tevez?
– Adriano vai deixar Milão?
– Drogba vai aceitar a reserva no Chelsea?
– E o Zé Roberto, o melhor brasileiro da Copa, vai jogar onde?
– Vão tirar mais alguém do seu time aqui no Brasileirão?
– Ricardo Oliveira fecha com o Milan?
– Trezeguet, Buffon e cia. vão jogar a segundona na Itália?
– Kaká fica?
– Ronaldinho fica?

Apenas estas duas últimas seriam efetivamente bombas. Tchan tchan… aguarde o último capítulo, amanhã!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
29/08/2006 - 12:55

Compartilhe: Twitter

O (quase) gol mais lindo da história

A redação de esportes do iG estava trabalhando quando quem fazia a transmissão do jogo lance a lance entre Celta e Barcelona ontem gritou: NOSSA, QUE GO-LA-ÇO! Todos correram para ver e no primeiro replay, não me contive. Era um dos gols mais lindos que já vi. E aí vem o terceiro replay e você começa a desconfiar, até que o quarto replay é claro. O chapéu foi totalmente sem querer e… contra! Um auto-chapéu do zagueirão. O gol seguia sendo bonito, mas longe de ser um dos 1000 mais lindos da história (veja abaixo).


De noite, pensei mais sobre o assunto e comentei com amigos uma conclusão interessante: se Nelson Rodrigues tivesse visto esse gol no Maracanã, nos tempos pré-videotape, provavelmente Gudjohnsen teria uma placa no estádio e para sempre gerações e gerações passariam para seus netos o incrível gol daquele louro endiabrado.

Viva o videotape! Mas viva muito mais Nelson Rodrigues!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
29/08/2006 - 12:55

Compartilhe: Twitter

O (quase) gol mais lindo da história

A redação de esportes do iG estava trabalhando quando quem fazia a transmissão do jogo lance a lance entre Celta e Barcelona ontem gritou: NOSSA, QUE GO-LA-ÇO! Todos correram para ver e no primeiro replay, não me contive. Era um dos gols mais lindos que já vi. E aí vem o terceiro replay e você começa a desconfiar, até que o quarto replay é claro. O chapéu foi totalmente sem querer e… contra! Um auto-chapéu do zagueirão. O gol seguia sendo bonito, mas longe de ser um dos 1000 mais lindos da história (veja abaixo).


De noite, pensei mais sobre o assunto e comentei com amigos uma conclusão interessante: se Nelson Rodrigues tivesse visto esse gol no Maracanã, nos tempos pré-videotape, provavelmente Gudjohnsen teria uma placa no estádio e para sempre gerações e gerações passariam para seus netos o incrível gol daquele louro endiabrado.

Viva o videotape! Mas viva muito mais Nelson Rodrigues!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
29/08/2006 - 12:24

Compartilhe: Twitter

Blog de (outras) Bola(s)

Este espaço é do futebol, mas ele também há de aprender:

BOLA BRANCA – O vôlei masculino do Brasil. Os caras jogaram muito o torneio inteiro e venceram. Na final, não jogaram nada. O time não acertava saque, não tinha bloqueio, errava recepção e etc. Aí, quando nada dá certo, eles partem para a superação. O time foi na garra e virou o jogo, ainda que com pouca técnica. Lição para o futebol em todos os sentidos. Técnica e Garra.

BOLA AMARELA – André Agassi foi o responsável por eu ter acordado com sono hoje. O jogo terminou perto das 2 da manhã, mas valeu cada lance. Confesso que assisti como se fosse o último jogo deste excelente jogador de tênis de 36 anos, que anunciou que vai deixar as quadras após o torneio. Mais ou menos como quando estive no estádio em Frankfurt, achando que presenciaria o momento histórico de ver Zidane encerrar a carreira contra o Brasil. Ele perdia por 4 x 0 o terceiro set, quando o jogo estava 1 x 1. Ganhou 5 games seguidos, virou o set e ganhou o jogo. É craque e em nenhum momento, como bem disse Paulo Cleto na ESPN, desistiu, entregou-se. Como o careca Zizou, Agassi ficou firme no momento mais delicado da partida e teve a sua recompensa. Sua carreira pode acabar na próxima rodada, afinal é US Open e ele está parado há algum tempo, enfrentando feras mais jovens. Mas estarei lá (aqui na verdade) para acompanhar mais uma vez (e quem sabe torcer para que não seja a última).

BOLA LARANJA – Ronaldinho, Leandrinho… estou começando a ficar traumatiza(dinho) com esses caras.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
29/08/2006 - 12:24

Compartilhe: Twitter

Blog de (outras) Bola(s)

Este espaço é do futebol, mas ele também há de aprender:

BOLA BRANCA – O vôlei masculino do Brasil. Os caras jogaram muito o torneio inteiro e venceram. Na final, não jogaram nada. O time não acertava saque, não tinha bloqueio, errava recepção e etc. Aí, quando nada dá certo, eles partem para a superação. O time foi na garra e virou o jogo, ainda que com pouca técnica. Lição para o futebol em todos os sentidos. Técnica e Garra.

BOLA AMARELA – André Agassi foi o responsável por eu ter acordado com sono hoje. O jogo terminou perto das 2 da manhã, mas valeu cada lance. Confesso que assisti como se fosse o último jogo deste excelente jogador de tênis de 36 anos, que anunciou que vai deixar as quadras após o torneio. Mais ou menos como quando estive no estádio em Frankfurt, achando que presenciaria o momento histórico de ver Zidane encerrar a carreira contra o Brasil. Ele perdia por 4 x 0 o terceiro set, quando o jogo estava 1 x 1. Ganhou 5 games seguidos, virou o set e ganhou o jogo. É craque e em nenhum momento, como bem disse Paulo Cleto na ESPN, desistiu, entregou-se. Como o careca Zizou, Agassi ficou firme no momento mais delicado da partida e teve a sua recompensa. Sua carreira pode acabar na próxima rodada, afinal é US Open e ele está parado há algum tempo, enfrentando feras mais jovens. Mas estarei lá (aqui na verdade) para acompanhar mais uma vez (e quem sabe torcer para que não seja a última).

BOLA LARANJA – Ronaldinho, Leandrinho… estou começando a ficar traumatiza(dinho) com esses caras.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:
Voltar ao topo