Publicidade

Publicidade
31/05/2006 - 19:17

Compartilhe: Twitter

Warm Up

Ontem

Alemanha 2 x 2 Japão
Inglaterra 3 x 1 Hungria
Costa do Marfim 1 x 1 Chile
Argentina 2 x 0 Angola
República Tcheca 1 x 0 Costa Rica
Polônia 1 x 2 Colômbia
Tunísia 3 x 0 Belarus
Lucerna 0 x 8 Brasil

Hoje

Irã 5 x 2 Bosnia-Herzegovina
Georgia 0 x 1 Paraguai
Arábia Saudita 0 x 1 Turquia
Eslovênia 3 x 1 Trinidad e Tobago
Suíça 1 x 1 Itália
França 2 x 0 Dinamarca

Amanhã

Holanda x México
Noruega x Coréia do Sul

Comentários

*Japão é um time aplicado. Tutty Vasques diria que é “oriental”.
*A Alemanha não surra todo mundo. Dificilmente ganhará de goleada de alguém na Copa. Ao contrário da estréia fulminante em 2002, com os 8 a 0 sobre a Arábia. Uma pena que a Lucerna não esteja no grupo A.
*Argentina e Inglaterra estão cada vez mais no mesmo nível. Desde as Malvinas/Falkland fica cada vez mais gostoso ver um pega dessas duas boas seleções. Pelos resultados, nota-se que estão se ajeitando. Tomara que saia um pega desses na Copa.
*O Irã continua me impressionando. Futebol técnico. Grande resultado.
*Gol de goleiro é sacanagem mesmo. Se ainda não viu, veja dois posts abaixo. O arqueiro polonês parece ter tirado a mão.
*França mais expressiva que a Itália. Ou seriam os suíços (que têm homens que não gostam de futebol lembrando o post da propaganda alguns dias atrás) a futura pedra no caminho francês?

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

5 comentários para “”

  1. Motahead disse:

    Vamos abrir o olho com o Japão. Do jeito que a imprensa divulga as coisas , fica parecendo que a Alemanha é que jogou mal e que o Japão não jogou nada (acho que a coisa não é bem assim – é só lembrar do sufoco na Copa das Confederações ).
    Irã jogando um bom futebol? Não vi o jogo , mas já estou curioso e vou tentar assistir algum jogo do Irã na Copa.
    A ITÁLIA É RIDÍCULA (fruto de um Campeonato Italiano arranjado).
    A FRANÇA TAMBÉM ESTÁ UM CACO. (Nas eliminatórias a França não jogou nada ).
    A INGLATERRA FABRICA ESTRELAS através da imprensa – ou folhetins sensasionalistas – e depois se espanta dos caras não jogarem nada em uma Copa do Mundo. (E OS CARAS SÃO ARROGANTES PRÁ CARAMBA – participo de um grupo de discussão na Internet no qual a maioria é do Reino Unido , e dá trabalho colocar os Ingleses no seu lugar. Um deles , com dor de cotovelo, disse que o Ronaldinho Gaúcho não joga nada e que é somente um garoto-propaganda da Nike. Imagine como estão tremendo agora que o Mineiro está na Seleção?)>

  2. Marcão disse:

    Discordo da questão do “pega” Argentina X Inglaterra ser colocado como coisa de depois da guerra das Malvinas.

    É famoso, por exemplo, o atrito na Copa 66, no famoso caso da expulsão do Ratin e a sua atitude ao sair de campo, o que valeu manchetes do tipo “Animals!” nos jornais ingleses, ao se referir ao povo argentino.

    Ou seja, esse atrito no futebol é muito anterior a Guerra. Sempre houve animosidade futebolistica entre ambos, o que contrasta com o desejo argentino de ser inglês!

    Por incrivel que pareça, acho até que a guerra deu uma arrefecida nos animos, ao trazer a coisa para a esfera desportiva apenas, com um “fair-play” que não havia antes.

    Se for nesse caso, concordo que ficou mais interessante, pois o duelo ficou restrito a habilidade futebolistica (ate por receio de reabrir feridas da guerra dos 80’s).

  3. so digo a verdade disse:

    q blog cafona esse blog e uma %!@$&@#mesmo

  4. Braid Ribeiro disse:

    Como técnico Brasileiro, com uma visão do futebol africano, por onde estivemos uma passagem em dois paises, com realidade diferente. Na Tunisia com o Monastir e esperança de Tunis, e campeão nacional nos dois. Guinée Konakril – campeão nacional pela Equipe do Fello Star, versão 2007 e 2008. Vejo o futebol africano como o futebol do futuro, aqui temos força e velocidade, que são condições natas, e também a habilidade técnica nata. Você poderiam dizer então tem tudo, mas isso não é verdade depende de uma pequena coisa que atrapalha um pouco ,organização e disciplina.
    prof°. Braid Ribeiro

  5. Braid Ribeiro disse:

    Gostei da exposição do prof°.Braid Ribeiro, mostrou que a cima de tudo o futebol não poderia ser diferente, logo é um desporto coletivo, e com personalidade e caracter coletivo, é como se fosse um jôgo de xadrez, a diferença cultura é muito grande de um para o outro. E tem que ser trabalhado individualmente este comportamento de personalidade.
    Adauto

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo